Como funciona o aluguel de bicicletas e patinetes em Florianópolis?

O aluguel de bicicletas e patinetes compartilhados tem virado tendência em todo o Brasil como uma alternativa para driblar o trânsito caótico de grandes cidades e estimular a prática de atividades físicas na população. Em Florianópolis, essa nova tendência chegou no final de 2018, mas você sabe exatamente como funcionam esses serviços?

Bicicletas

Já imaginou andar de bicicleta por um preço baixo e sem se preocupar com cadeados, travas ou estações para deixar a bike? Essa é a proposta da Yellow, uma startup que está revolucionando o serviço de aluguéis de bicicleta.

Em Florianópolis, o novo serviço está sendo muito bem aceito e já é possível ver vários usuários andando de bike pela cidade, seja por lazer ou para ir ao trabalho. Para conseguir alugar uma bicicleta, é preciso baixar o aplicativo da Yellow, disponível para iOS e Android, realizar um cadastro rápido e, em seguida, comprar créditos via cartão pelo próprio aplicativo, ou em dinheiro, em pontos credenciados.

O serviço está disponível na região central de Florianópolis, em pontos do Estreito, Coqueiros, Santa Mônica, Trindade, Itacorubi e Jurerê Internacional. As bicicletas não possuem pontos fixos e para localizá-las, é preciso consultar o aplicativo, que indicará em tempo real os pontos em que elas se encontram.

Para utilizar o equipamento, basta escanear o QR Code com seu celular. A trava será liberada automaticamente e a bike estará pronta para uso. O serviço custa R$ 2,00 para cada 20 minutos de pedalada e o usuário pode realizar uma recarga instantânea caso deseje usar por mais tempo.

Para devolução, basta deixar a bike em qualquer ponto dentro da área delimitada e encerrar o passeio no aplicativo. Lembrando que só é permitido usar a bicicleta dentro da área estabelecida, correndo o risco de ter que pagar multa caso ela seja utilizada em outras regiões.

Patinetes

Os patinetes já viraram uma febre em Floripa. Hoje, a cidade conta com cerca de 300 patinetes e 3.000 usuários por dia. Quem trouxe essa tendência para a capital catarinense foi a Grin, empresa de origem mexicana e que oferece o serviço de aluguel de patinetes apenas aqui e em São Paulo.

Para utilizar o serviço, também é necessário baixar o aplicativo da Grin no celular e realizar seu cadastro. Apesar de ser o app mais comum, também é possível alugar os patinetes com o aplicativo da Rappi e da Yellow.

A forma de utilização é semelhante à da bike: basta acessar o aplicativo, localizar o patinete e escanear o QR Code. Em seguida, o patinete irá ligar automaticamente. Como é elétrico, basta dar dois impulsos com o pé e depois seguir controlando a velocidade apenas pelo botão de acelerador. Para parar, basta apertar o botão “Stop”.

O custo de aluguel é de R$3,00 para desbloqueio do equipamento e de R$0,50 a cada minuto de uso. A cobrança é feita pelo cartão de crédito. Assim que terminar o passeio, basta deixá-lo em qualquer local dentro da área delimitada, sempre em calçadas ou locais que não atrapalhe o fluxo de veículos e pedestres.

E você, já experimentou essas novidades? Que tal aproveitar seu próximo final de semana para reunir a família ou os amigos para andar de bike ou patinete? Bom passeio!

Related Posts with Thumbnails
Share: